|
a05 ABR 2019
localCovilhã
porHuBB; AJAS; AAUBI

RESGATAR E ACOLHER: DO MEDITERRÂNEO ATÉ PORTUGAL

Durante o ano de 2018, 2299 pessoas perderam a vida no mar Mediterrâneo. Isso dá mais de 6 pessoas por dia. Foi o ano com a maior taxa de mortalidade alguma vez registada às fronteiras da Europa.
A crise política e migratória em que a União Europeia se encontra está longe de estar resolvida. Assim, torna-se cada vez mais urgente falar sobre ela para não deixar cair no esquecimento todos aqueles que ainda sofrem a caminho ou às portas da Europa.

O HuBB, a AJAS e a AAUBI, no âmbito da Semana Solidária, trazem à Covilhã uma conversa sobre Resgatar e Acolher:

- Formada em Gestão de Marketing, Bárbara Moreira trabalhou nove anos na sua área de formação, apaixonada por pessoas, desde os 16 anos que faz trabalhos de voluntariado em diferentes associações e IPSS que ajudam crianças desfavorecidas e pessoas sem-abrigo. Bárbara, conta também com uma formação em agricultura biológica, está atualmente a acabar o Mestrado em “Segurança, Defesa, e Resolução de Conflitos”, focando a sua tese na inclusão social de refugiados e migrantes, fundou o Projecto LAR - uma ideia que desenvolveu durante anos - num momento em que a situação dramática dos refugiados atinge proporções alarmantes, a que ninguém poderá ficar indiferente.

- Miguel Duarte integrou uma equipa de resgate marítimo a bordo do navio Iuventa que participou no resgate de mais de 14 mil pessoas no Mediterrâneo Central. Prestou apoio nos campos de refugiados de Lesbos, Grécia e da Turquia nos anos de 2016 e 2017. Hoje em dia colabora com o colectivo HuBB - Humans Before Borders, que tem como objectivo sensibilizar a sociedade para os problemas relacionados com fronteiras e direitos humanos e com o colectivo europeu Solidarity at Sea, onde desenvolve trabalho de lobby pela protecção do trabalho humanitário.

Mais informação.