|
porPlataforma ONGD
fontePlataforma ONGD
a 08 FEV 2019

ENCONTRO TRANSFRONTEIRIÇO ENTRE GRUPOS DE TRABALHO DE EDUCAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

Os Grupos de Trabalho de Educação para o Desenvolvimento e a Cidadania Global da Plataforma e da Coordinadora de ONG Extremenha encontraram-se no passado dia 18 de janeiro em Évora para refletir sobre o trabalho conjunto que tem sido feito até aqui, e traçar novos objetivos e prioridades. 

 

A Plataforma Portuguesa das ONGD e a Coordinadora de ONG Extremenha  têm vindo a trabalhar em conjunto nos últimos três anos, numa parceria que se iniciou na RED-NETT   – uma rede de interlocutores transfronteiriça, que tem em vista a aprendizagem entre entidades congéneres e a criação de oportunidades de trabalho conjunto em Educação para o Desenvolvimento. No âmbito deste trabalho de construção da Rede organizaram-se duas Jornadas de ED transfronteiriças, realizadas em Mérida e em Lisboa.

No início deste ano os Grupos de Trabalho da CONGDEX e da Plataforma reuniram-se mais uma vez, num Encontro de partilha e reflexão realizado em Évora, no dia 18 de janeiro, com o intuito de dar seguimento às conclusões relativas à intervenção da sociedade saídas da II Edição das Jornadas Transfronteiriças relativas à intervenção da sociedade civil, e de continuar a construir pontes e consolidar o caminho percorrido entre as duas entidades.

Neste sentido, ficámos a perceber que os Grupos de Trabalho têm formas diferenças de funcionamento, e que o Grupo de Trabalho de Educação para o Desenvolvimento da Extremadura tem vindo a apostar na definição de temas específicos para o desenvolvimento das suas atividades, com uma componente de aprendizagem entre pares sobre as temáticas. O GTEDCG ficou também a conhecer o processo de auditoria colaborativa, que visa a melhoria do trabalho e dos projetos desenvolvidos pelas ONGD, e muitos outros recursos produzidos pelo Grupo. De forma a facilitar a comunicação futura optou-se por criar algumas estratégias e ferramentas de interação e partilha entre os grupos. Considerou-se importante ainda envolver os grupos ED da Galiza, Andaluzia e Castela e Leão, numa próxima reunião entre Grupos de Trabalho
 
A colaboração futura entre os Grupos de Trabalho deve passar por três prioridades: intercâmbio de recursos e práticas; reflexão e formação conjunta; aproveitamento de espaços já existentes para continuar a partilha entre os grupos.

Discutiram-se ainda outras ideias, como a realização de ações e campanhas conjuntas no futuro subordinadas a temas concretos (como por exemplo o feminismo ou o racismo), a reflexão e a aprendizagem em torno de um conceito de Cidadania Global peninsular, a criação de um posicionamento conjunto face à ED, e até mesmo a elaboração de um mapa virtual de atuação das ONGD em ED. Estas foram ideias que poderão ser exploradas no futuro mediante as capacidades e disponibilidades dos grupos e mediante as prioridades que o próprio contexto possa trazer.

Por enquanto, e porque não restam dúvidas sobre a importância do estreitamento de relações entre estes grupos de trabalho, continuaremos neste caminho de construção de pontes em Educação para o Desenvolvimento e a Cidadania Global. 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010